top of page

Exame de sangue para detectar câncer de intestino é recomendado pelos EUA

Nesta semana, várias agências de notícia publicaram sobre a aprovação por um painel da Food and Drug Administration (FDA, agência americana de regulação sobre medicamentos, exames e alimentos, similar à nossa Anvisa) de um exame de sangue que pode ser utilizado na detecção do câncer de intestino.


Mas o que significa essa notícia vinda do órgão dos Estados Unidos?


Exame de sangue para detectar câncer de intestino

O nome do exame de sangue para detectar câncer de intestino é Guardant Health’s Shield, e se baseia na detecção de DNA do câncer que circula no organismo da pessoa com a doença. A teoria por trás dessa técnica foi abordada por nós no texto sobre biópsia líquida.


À medida que um câncer vai crescendo, ele invade vasos sanguíneos, e células tumorais ou material genético dele começam a circular pelo corpo. Sua detecção por meio de um exame permite que a pessoa doente seja tratada adequadamente.


Presença de pólipos e outros fatores importantes

Será o exame de sangue para detectar câncer o futuro da prevenção da doença? E será que podemos chamar isso de prevenção ou detecção precoce?


Da última vez que abordamos sobre esse tema, levantamos o seguinte tópico: será que podemos falar de prevenção em um exame que detecta células cancerígenas?

Para responder essa pergunta vou ressaltar três pontos:


  1. 95% dos cânceres de intestino se desenvolvem de pólipos benignos que vão crescendo e acabam se transformando em lesões malignas.

  2. Quando removidos, os pólipos não se desenvolverão e, assim, o paciente não terá câncer.

  3. Para que o exame de sangue dê positivo, é preciso que a pessoa já tenha câncer?


Bem, conforme o estudo sobre o exame de câncer de detecta câncer de intestino, o índice de positividade do teste em pessoas que tinham câncer foi alto, em torno de 83% – muito parecido com o exame de sangue oculto nas fezes, outro método de rastreamento.

Exames e análises são essenciais na detecção do câncer de intestino
Exames e análises são essenciais na detecção do câncer de intestino

Entretanto, nos casos em que havia apenas lesões pré-malignas, o índice de positividade foi baixo e, portanto, o benefício não se concretizou.


Prevenção ou detecção precoce?

Prevenção, por definição, são ações adotadas para evitar um desfecho. Ou seja, o exame de sangue para detectar câncer de intestino não se qualifica como tal e está muito mais relacionado à detecção precoce de lesões, o que assegura sua importância.


Qual será a função desse exame de sangue?

Quando falamos em termos populacionais, precisamos de exames baratos, altamente sensíveis para identificar quem na população está doente e necessita de tratamento. O exame disponível hoje para prevenção efetiva é a colonoscopia, que não pode ser realizado em todos que precisam, pois é caro e pouco acessível.


Sendo assim, é muito importante a existência de um teste que possa ser aplicado de maneira generalizada em uma população em risco. Isso tem muito valor.


O exame de sangue para detectar câncer de intestino pode não ser efetivo na prevenção, mas, como método de rastreamento, pode ajudar a diminuir a mortalidade de pessoas pela doença.


Conclusão

Sabemos que o câncer é um tema muito difícil de ser discutido. O ideal seria termos uma política nacional de prevenção, o que, infelizmente, hoje, o Brasil não tem. Mas grandes passos têm sido tomados nessa direção.


Por exemplo, a campanha nacional de conscientização sobre o câncer de intestino (“Março Azul”) tem trazido muita luz sobre o tema, e cada vez mais pessoas têm nos procurado com interesse em saber mais sobre como evitar as doenças malignas.


Câncer de intestino deve ser preocupação de todos

O principal agente na diminuição do número de mortes por câncer deve ser cada um de nós. Ou seja, ajude a disseminar a ideia de saúde, prevenção e estilo de vida saudável na sua família e na sua comunidade. Essa é a melhor estratégia.


Então, nosso veredito final é, sim, a entrada de novas opções de exames para detecção do câncer de intestino pode acrescentar muito no manejo da doença.


Saúde a todos!

Comentários


bottom of page