top of page

Como aliviar a dor da hemorroida após um dia de exagero?

A pessoa que tem sintomas e crises de hemorroida sabe que, após um dia de exagero, sempre vem a “conta para pagar”. É interessante que muitos já sabem até o quê leva ao incômodo mas, no momento de euforia e empolgação, os cuidados são muitas vezes colocados de lado.


Aí vem aquela pergunta, por que eu deixei isso acontecer? E, claro, como aliviar a dor da hemorroida?


Primeiramente, saiba que a culpa não ajuda em nada. Muitas vezes, ter uma atitude ativa e positiva quando o problema acontece ajuda muito a diminuir os sintomas e até a intensidade da dor da hemorroida.


Em diversos posts aqui no blog, tentamos identificar os sintomas da doença hemorroidária e também os fatores que podem desencadear o problema. Já discutimos que não é verdade que certos alimentos causam o problema, mas que certos comportamentos podem induzir os tão temidos sintomas.


Relembre o que é hemorroida

As hemorroidas são como almofadas acolchoadas no canal anal. Abaixo da pele, estão localizados inúmeros vasos sanguíneos que têm como função amortecer a passagem das fezes e também ajudar manter o ânus fechado durante o repouso.


Porém, tudo que gera traumatismo local – como fezes endurecidas, moles demais ou ácidas – podem induzir um processo inflamatório com formação de coágulos, inchaço, ruptura da pele local e, consequente, muito sofrimento.


Então, como aliviar a dor da hemorroida?

Você poderia se questionar se adianta chorar o leite derramado.


Bom, pior que adianta. Por mais que uma pessoa saiba o que não deve fazer ou ingerir, é importante ter consciência de que, às vezes, exageros vão acontecer. E, diante de uma crise ou dor de hemorroida, quanto antes forem tomadas medidas, melhor.


Ao menor sinal de início de dor anal, exteriorização de nódulo pelo ânus ou sangramento, a primeira atitude é ter calma, ser racional. Então, você poderá tomar as medidas a seguir.


1. Volte aos bons hábitos alimentares

O retorno ao hábito saudável de vida sempre ajuda. Em outras palavras, volte com a alimentação rica em fibras e hidratação vigorosa, para que as fezes adquiram seu aspecto usual e facilite o processo evacuatório.

Alimentação saudável é uma das medidas para aliviar a dor da hemorroida
Alimentação saudável é uma das medidas para aliviar a dor da hemorroida

Além disso, interromper temporariamente a ingestão de bebidas alcoólicas é prudente.


2. Aplique gelo para aliviar a dor da hemorroida

Caso forme um nódulo no ânus, não tente realizar manobras manuais para introduzi-lo de volta no canal anal. Raramente “manobras heroicas” serão eficazes e podem traumatizar a região e piorar a crise. Nesses casos, é melhor procurar ajuda médica.


Até que chegue o momento da consulta médica, você poderá aplicar gelo no local por cerca de 3 minutos, a cada oito horas. Isso pode ajudar a diminuir o edema (inchaço) e o sangramento. Envolva o gelo num pano, para evitar agredir ou até queimar a pele.


Além disso, os banhos de água morna têm ação analgésica. Mas cuidado! Não deixe a temperatura muito alta e não passe mais de 5 minutos na água, para evitar acidentes.


3. Tome a medicação prescrita pelo coloproctologista

Existem medicações que podem ajudar a aliviar a dor da hemorroida, interromper o processo e facilitar a recuperação. Mas toda e qualquer medicação deve ser indicada pelo médico coloproctologista que te acompanha. A escolha do remédio deve ser individualizada caso a caso.


Entendemos que muitos pacientes já têm acompanhamento por crises anteriores e frequentemente têm medicações em casa. Esses remédios podem até ser utilizados quando os sintomas são típicos.


Porém, no caso de persistência dos sintomas, o especialista deve ser consultado, pois nem sempre sintomas iniciais semelhantes são sinais de doenças iguais.


Sinais de alerta da hemorroida

Lembrem-se dos sinais de alerta já discutidos em outros textos do nosso blog, pois são indicativos de necessidade de avaliação médica imediata:

  • Febre associada aos sintomas anais;

  • Sangramento que não melhora;

  • Dor persistente;

  • Inchaço e dor na nádega, principalmente se for de um lado só – pode ser sinal de abscesso;

  • Impossibilidade de evacuar.

A maioria das crises de hemorroida é simples, e o tratamento local irá resolver o problema. É muito raro que uma cirurgia seja necessária, mas, no caso de infecção, abscessos e gangrena, estamos diante de urgências cirúrgicas. Ou seja, não deixe de procurar ajuda.


Cuide de seu corpo

Cuidar da saúde intestinal e ter autoconhecimento sobre o próprio corpo sempre vão contribuir para manter o ato evacuatório prazeroso e sem traumatismos. E não é fraqueza reconhecer que eventualmente problemas podem acontecer e, assim, será preciso adotar medidas para aliviar a dor da hemorroida.


Mantenha o foco na identificação precoce dos sintomas e procure ajuda sempre que necessário. Você não vai se arrepender!


Boa semana!

ความคิดเห็น


bottom of page