top of page

O que são tumores neuroendócrinos?

Dizem que em medicina tudo vem aos pares. Coincidentemente, na semana passada, dois pacientes em nossa clínica receberam diagnóstico de tumores neuroendócrinos e, apesar de raros em frequência, devemos tentar esclarecer os fatos sobre essa doença.


O que são tumores neuroendócrinos?

Antigamente chamados de tumores carcinoides, os tumores neuroendócrinos (NET) consistem no crescimento desordenado de células que assemelham a células neuronais e aquelas produtoras de hormônio.


Eles são raros e acometem os dois sexos, sendo um pouco mais frequente em mulheres, e temos observado um aumento na frequência de seu diagnóstico.


Regiões comuns dos tumores neuroendócrinos

Os tumores neuroendócrinos podem se desenvolver em qualquer ponto do organismo, mas as áreas mais comuns são:

  • Intestino delgado

  • Reto

  • Pulmão

  • Pâncreas

Os tumores mais comuns ocorrem na região do intestino delgado.


Dependendo de suas características moleculares, podem ter crescimento lento em alguns casos, e rápido em outros. A presença ou não de disseminação para outros órgãos depende do estágio em que foi diagnosticado.


Sintomas dos tumores neuroendócrinos

Os NET podem ser funcionantes e não funcionantes, o que está relacionado a sua capacidade de secretar hormônios. Quando são funcionantes, sintomas relacionados ao hormônio produzido podem ocorrer:

  • Vermelhidão na pele

  • Diarreia

  • Urina excessiva

  • Sede intensa

  • Tonteira

  • Tremores

Já os tumores não funcionantes demoram a se manifestar e seus sintomas estão relacionados a:

  • Crescimento tumoral como nódulo palpável

  • Dor

  • Cansaço exagerado

  • Obstrução intestinal

  • Perda de peso

Como diagnosticar tumores neuroendócrinos?

Normalmente, esses tumores são diagnosticados incidentalmente durante exames endoscópicos (endoscopia digestiva alta ou colonoscopia) ou tomografias de abdome e tórax.

Exames endoscópicos ajudam no diagnóstico de tumores neuroendócrinos
Exames endoscópicos ajudam no diagnóstico de tumores neuroendócrinos

Quando os pacientes apresentam sintomas dos tumores funcionantes, devemos direcionar os exames para chegar a uma conclusão.


Infelizmente, como são lesões de crescimento lento, às vezes podem se passar anos até o paciente receber o diagnóstico definitivo.


Tratamentos para tumores neuroendócrinos

O principal tratamento é a ressecção cirúrgica e eventualmente endoscópica das lesões, sendo considerada a escolha com intenção curativa. O estudo minucioso do paciente e da lesão são fundamentais para a programação e o êxito da operação.


Como essas lesões evoluem?

Geralmente, os NET são de crescimento lento e tem seu prognóstico dependente de fatores como agressividade da lesão, estágio ao diagnóstico e localização.


Hoje, marcadores moleculares conseguem determinar o índice de replicação (multiplicação) das lesões e conseguem ajudar e muito a saber como será a evolução do paciente.


Conclusão

A principal mensagem a ser transmitida a pessoas com tumores neuroendócrinos é não se desesperar. A abordagem multidisciplinar por equipes preparadas ajuda a aumentar a chance de cura em todos os casos.


Saúde a todos!

コメント


bottom of page