top of page

Colostomia temporária: novo estudo indica tempo de fechamento mais curto!

Notícia boa para quem tem colostomia (ou ileostomia) temporária! O tempo para fechar a colostomia pode ser mais curto do que a maioria dos cirurgiões aguarda para operar. Isso é o que sugere um estudo sobre o qual falaremos ao longo do texto.


Ostomia é assunto tabu na coloproctologia. Alguns pacientes têm medo até de fazer uma consulta em nossos consultórios por medo de precisar operar e acabar com a temida “bolsinha”.


Relembrando o uso da colostomia temporária

Já pudemos falar muito sobre colostomia aqui no blog, já tentamos colocar os mitos por terra, já explicamos quando ela é necessária e salva vidas, mas no final das contas sobra a ideia de que quase ninguém gosta de ostomia.


Isso mesmo… Quase ninguém; nem pacientes, nem médicos. Coloquei a palavra quase porque, em quase 20 anos de especialidade, dois pacientes nos disseram que foi a melhor coisa que podia ter acontecido em suas vidas.


Fechamento da colostomia

Hoje o tema é o fechamento da bolsa de colostomia, procedimento chamado reconstrução do trânsito intestinal e que permite o retorno do fluxo normal das fezes até sua evacuação pelo ânus.


Algumas cirurgias, principalmente as de câncer de reto, possuem maior risco de complicações por vazamento da emenda, que é o local de união entre os segmentos intestinais que ficaram após a retirada do tumor.


Nesses casos, o desvio do trânsito por meio de uma ostomia permite que não haja passagem de fezes pela emenda, o que:


  • Facilita a cicatrização

  • Diminui a taxa de complicações

  • Reduz a chance de complicações graves, caso ocorram


Essas ostomias confeccionadas costumam ser temporárias e grande parte dos serviços de cirurgia intestinal demora entre três e seis meses para conseguir reconstruir o trânsito. Isso se deve a:


  • Complicações

  • Condições do paciente

  • Disponibilidade da equipe

  • Tratamentos adicionais como quimioterapia, entre outros


Qual é o tempo ideal para fechamento da colostomia?

Bem, mas será que existe tempo ideal para indicar o fechamento da ostomia?

Tempo ideal talvez não seja o termo correto, mas um artigo publicado neste mês na revista científica “Annals of Surgery” avaliou os resultados disponíveis na literatura sobre o tempo entre a confecção e a reconstrução do trânsito e a ocorrência de complicações. 

Tempo para o fechamento da colostomia pode ser menor que se imaginava
Tempo para o fechamento da colostomia pode ser menor que se imaginava

O resultado encontrado foi que, quando a ostomia foi fechada com mais de duas semanas da primeira cirurgia, não havia maior incidência de complicações. Em outras palavras, esperar mais tempo por conta de medo de complicações não é mais motivo para adiar o procedimento.


Considerações sobre a colostomia temporária

Agora, ATENÇÃO a algumas considerações especiais:


  1. Casos de fechamento muito precoce (menos de duas semanas), hábito de tabagismo e pessoas com de diabetes têm mais risco de complicar e cada situação deve ser analisada individualmente.

  2. Cada paciente é único e prioridades devem ser consideradas, isto é, se a operação for atrasar o tratamento de câncer do paciente, a cirurgia de reversão deve ser adiada.

  3. Cirurgias para câncer de reto são procedimentos de grande porte e a recuperação pode demorar, principalmente em pessoas de idade avançada; sendo assim, todas as condições clínicas deverão estar controladas e o estado nutricional recuperado antes de levar o paciente ao bloco.


Apesar de a necessidade de confeccionar uma colostomia não poder ser abandonada, saber que o fechamento está mais próximo pode ser um alento para muita gente. Nunca perca a esperança e escute seu médico.


Até mais, pessoal.

Commentaires


bottom of page