top of page

Fezes amolecidas: saiba se isso é normal e como deixá-las mais consistentes

No dia a dia de um consultório coloproctológico, é muito mais frequente recebermos queixas de pessoas com intestino preso, com fezes mais consistentes, procurando ajuda, em comparação com aquelas que têm intestino solto.


Por outro lado, sabemos que muita gente sofre com fezes amolecidas e, por isso, hoje vamos tentar esclarecer o que é importante sobre este assunto.


O que são fezes amolecidas demais?

Como discutimos no post sobre prisão de ventre, não há um padrão definido sobre o que é uma evacuação adequada para cada um. Entretanto, geralmente usamos os seguintes critérios para considerar que a evacuação está amolecida.

  • Mais de três evacuações por dia;

  • Ato evacuatório desconfortável com sensação de assadura;

  • Sensação de tenesmo (vontade de evacuar sem satisfação completa após o ato);

  • Fezes mal formadas (escala de Bristol com valor acima de 5).

É importante lembrar que a variação do hábito intestinal é comum e todos podemos experimentar processos de modificação da consistência do bolo fecal em nosso cotidiano.


Porém, toda vez que o processo de eliminação de fezes e gases se torna desconfortável, com aumento da frequência, e não melhora, devemos tentar melhorar a qualidade de vida do paciente.


A primeira coisa a se fazer é excluir as causas conhecidas de amolecimentos das fezes para que não deixemos de tratar aquilo que é necessário.


Quando a diarreia deve ser investigada?

As causas mais comuns de diarreia que devem ser investigadas – sempre que esse quadro de fezes amolecidas persiste – estão listadas abaixo:

  • Infecção intestinal (fungos, bactérias, vírus e protozoários);

  • Intolerâncias alimentares (como ao leite, glúten, frutose, gorduras);

  • Uso de antibióticos;

  • Polipos intestinais;

  • Síndrome do intestino irritável;

  • Alergias e doenças auto-imunes (doença celíaca etc.);

  • Cirurgias prévias no trato gastrointestinal;

  • Falência de órgãos do sistema digestório (pâncreas e fígado);

  • Infecções sexualmente transmissíveis;

  • Outras.

É por isso que procurar um profissional especialista faz a diferença. E vale lembrar que vários desses temas já foram abordados em textos anteriores aqui em nosso blog.


Como deixar as fezes mais consistentes?

Mas, excluídas as doenças orgânicas e funcionais, algumas pessoas ainda sofrem com a consistência das fezes. Muitos pacientes perguntam se existem alimentos que ajudam a deixar as fezes menos amolecidas.

Alimentos como banana ajudam pessoas saudáveis que têm fezes amolecidas
Alimentos como banana ajudam pessoas saudáveis que têm fezes amolecidas

Em geral, a Dieta BRAT é muito indicada para o acompanhamento de pacientes com diarreia aguda, como as infecções intestinais. BRAT é uma sigla em inglês para “bananas, arroz, polpa de maçã e torradas”, alimentos com baixo teor de fibras, gorduras e de fácil digestão.


Além disso, alguns alimentos que ajudam a melhorar a consistência das fezes são:

  • Batata sem casca;

  • Alimentos a base de farinha branca;

  • Maçã e pera sem casca;

  • Arroz;

  • Carnes brancas e com menor teor de gordura;

  • Banana, principalmente mais verde;

  • Aveia;

  • Suplementos de fibras como inulina e Psyllium;

  • Pasta de amendoim;

  • Tapioca;

  • Probióticos.

Todos esses alimentos são de fácil digestão e contribuem para a formação de um bolo fecal adequado, isto é, com menor incidência de dejeções líquidas. Mas cada pessoa tem suas tolerâncias individuais e não existe receita que valha para todos.


Em outras palavras, o autoconhecimento ajudará nas melhores decisões. Então, procure sempre compreender mais o funcionamento do seu organismo.


Procure atendimento especializado

Pessoal, vocês que acompanham os conteúdos no meu site e nas redes sociais, podem sempre enviar mensagem, em caso de dúvidas.


Se quiserem saber mais ou sugerir algum tema para nossos textos semanais, podem enviar seus comentários por meio de nossas redes sociais (Facebook e Instagram) ou pelo email drbrunoproctologista@gmail.com.


Aproveito para deixar aqui algumas fontes de informações sobre alimentação em caso de diarreia:

Até a próxima semana!

2 Comments


eltinhosamba
Nov 24, 2023

Olá b dia tenho 38 ANOS SOFRO CON DOR NA BARRIGA E FEZES MOLE VOU MUITAS FEZES AO BANHEIRO

Like

deorib2001
Jul 18, 2023

Dr. Bruno estava com diarreia há 8 dias, interrompi tomando Imosec somente uma vez. Será que posso continuar com alguma bactéria?

Like
bottom of page